VIII Congresso da APLOP

VI CONGRESSO DA APLOP - Painel II – Paulo André Holanda (1)

IV Encontro de Portos da CPLP - Franklin Spencer

Estação-Museu de Biologia Marítima da Inhaca

A Estação de Biologia Marítima da Inhaca - EBMI nasce do interesse dos cientistas por um campo favorável para a investigação científica.

Em 1909 jornais europeus noticiaram a existência de duas ilhas paradisíacas no Índico, ilhas da Inhaca e dos Portugueses, devido à sua riqueza em biodiversidade.

Desde 1921 que docentes e estudantes da Universidade de Witwatersrand (Wits) da Africa do Sul vêm à Inhaca. Nessas campanhas utilizaram tendas por falta de alojamento.

Perante estes factos, o Prof Dr Aurélio Quintanilha apresentou em 1947 a necessidade de se construir uma Estação para assistir à investigação na Inhaca, tendo a ideia sido apoiada pelo Prof Dr Van der Horst da Universidade de Wits e posteriorimente aprovada pelo governo Português.

As obras foram feitas entre 1948-1951.

Em 1965 foram criadas as Reservas Florestais e Marinhas da Inhaca e foram entregues à Estação de Biologia Marítima da Inhaca para gestão. Em 1976 foram demarcadas as Reservas Florestais pela DINAGECA.

MAIS DETALHES

FOTOS

 


 



Data: 2012-12-02





TOP